Gravidez em Equilíbrio

 

No último trimestre, a maioria das mudanças importantes que deveriam acontecer no organismo feminino já ocorreram. Nas últimas semanas, o corpo vai se preparando para o parto. Alguns desconfortos aumentam: dores nas costas, inchaços, azia e constipação. A vontade de fazer xixi intensifica e muitas grávidas precisam levantar no meio da madrugada para ir ao banheiro.

No último trimestre, pode haver alguma dificuldade para pegar no sono. “A dificuldade em dormir está relacionada ao peso da barriga, à falta de posição confortável e, principalmente, à ansiedade pelo que virá. A mulher se pergunta se vai dar conta do parto, de cuidar da criança, de entender o que ela quer, de amamentar, se vai conciliar maternidade e profissão”, diz a psicóloga Daniele.

Nessa fase, há muita expectativa, mas também emoções positivas, que se intensificam nas últimas semanas da gestação – e nada melhor para a gestante do que compartilhar esses bons momentos. “Contar com o apoio do marido minimiza as angústias e ajuda muito o casal”, diz Marco Antonio Lopes. Acima de tudo, as últimas semanas são o momento para fazer coisas agradáveis – curtir o casamento e a família, preparar a casa para a chegada do bebê, fazer passeios ao ar livre, dormir sem hora para acordar ou qualquer outra atividade que traga bem-estar e tranquilidade. Afinal, a gestação do primeiro ou dos demais filhos é o período de construção e preparação para a maternidade, a mais importante das alterações provocada pela gravidez e a única que é para sempre.

 

Fonte:
Revista Fleury
Saúde em Dia - Edição 23