Amigos da Vida

 

O convívio com animais domésticos proporciona apoio social e emocional às pessoas, revelou uma pesquisa da Associação de Psicologia dos Estados Unidos. O estudo indicou que donos de cachorros, gatos e outros bichos de estimação mantêm uma relação tão estreita com suas mascotes como a que têm com as pessoas próximas. Isso pode indicar que esse tipo de interação social e afetiva não é desenvolvido somente a partir das relações humanas.

O artigo também aponta que as pessoas que convivem diretamente com animais têm melhor qualidade de vida e conseguem administrar com maior facilidade as diferenças que aquelas que não têm animal de estimação. Para realizar o estudo, os pesquisadores entrevistaram 217 pessoas (79% mulheres, com idade média de 31 anos e renda familiar de cerca de US$ 77 mil por ano).

 

Fonte:
Revista Fleury
Saúde em Dia - Edição 23